Verbalizar

"Expressando uma vida digna"

Textos


Você Acha Que Não?...

 

          O sol de inverno posta-se a oeste no horizonte, o arrebol avermelhado é marcante e dita uma época, a nossa época não importando se estamos em lugares diferentes.

          Os nossos pulmões enchem-se de ar, o coração continua bombeando sangue para todas as partes do corpo e os nossos sentimentos causam-nos emoções que ficam impressas n'alma.

          É muito bom viver! Você acha que não?...

          As flores do ipê caíram todas... Agora a árvore canta as bem-vindas folhas novas, e nos seus altos galhos o casal de sabiás namoram o dia que se vai... Quem sabe o que farão depois, onde dormem ou vão se recolher?... Certamente o dia deve ter sido farto de frutinhas, sementes e insetos.

          Ora a própria criação concede-lhes o sustento todos os dias, não é diferente conosco não importando onde estejamos.

          A terra é mesmo um paraíso! Você acha que não?...

          Uma mãe maravilhosa que tudo nos fornece, infinitude de frutas, grãos e vegetais, e a sabedoria de transformar a matéria-prima como: leites em queijos, sucos de uvas em vinhos, a salmoura das olivas em azeitonas, fios dos casulos dos bichos-da-seda em vestidos, lenços e echarpes... O couro curtido dos animais em casacos duráveis, estas coisas são valiosas para presentear alguém, você acha que não?...

          São os anos que nos assistem e envelhecem conosco, são as pratas grisalhas dos cabelos é o ouro derretido pelo tempo transformado em tiaras douradas posta sobre nossas cabeças pela nossa época.

          Você acha que não?...

          As estrelas despontam no céu noturno como diamantes piscantes, cada qual com seu próprio brilho, sintonia e vibração, traduzindo-nos algo sublime, muito acima da nossa compreensão.

          Louvado sejas o Criador Absoluto a sua bondade excede os séculos, nos fazendo conhecer em nossa época a ciência de suas criações.

          Vivamos! Cantemos! Concebamos! Sejamos gratos pela nossa vida e momentos, pelos nossos pais, o matrimônio e a nossa geração, tudo já estava escrito na grande lousa do uni(verso) nós é que não aprendemos a ler direito as lições repassadas pela nossa mestra.

          Você acha que não?...

          A noite cai silenciosa e um manto frio cobre a cidade com seus moradores, os passarinhos se recolheram e o amanhã nos aguarda, sabendo disto; agradeço, colocando-me no berço à espera do afago e boa noite do meu Pai Celestial.

          Você acha que não?...




arrebol de inverno -

haijin colhe haicais

sementes de paz... 

Vanice Zimermam


 

Maurício de Oliveira
Enviado por Maurício de Oliveira em 01/08/2022
Alterado em 05/08/2022
Copyright © 2022. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras