Verbalizar

"Expressando uma vida digna"

Textos

“O poder das mulheres no processo de tomada de decisões”
Nas Escrituras Sagradas o homem pela lei de Deus é considerado o cabeça da mulher, mas inúmeras vezes os homens estão fora de suas razões ou ausentes, alheios a família e as mulheres como membro do corpo de seus companheiros assumem todo o processo que envolva a tomada de decisões.
Isto acontece no lar, educação de filhos, no equilíbrio das finanças e muitas vezes se veem decididas a encarar o mercado de trabalho e ser provedoras de toda a família.
A cerca de 5 mil anos atrás o sábio Rei Salomão já escrevera: "A mulher sábia edifica sua casa, mas a insensata com as próprias mãos a derruba".
Ele viu esta particularidade e poder das mulheres no processo de tomada de decisões, como parte mais sensível e eficaz, pois absorvem em essência muitas das coisas que passam despercebidas pelo sexo masculino.

Dotadas desta sensibilidade pressentem a ameaça rondando: quer filhos, lar, marido, trabalho, posição, etc... Elas são uma extensão esplendidamente criada para uma contribuição conjunta e harmônica por isto devem ser ouvidas e respeitadas são: "um toque de Deus" na vida em família e sociedade.
Temos visto com maior intensidade este poder na tomadas de decisões em nossos ministérios e os frutos que eles têm gerado para o bem coletivo do povo brasileiro, após a posse da primeira mulher presidente do Brasil Dilma Rousseff, qual abriu as portas para um sutil "toque feminino", nas diversas áreas do país.
Elas estão em todos os lugares da sociedade: escolas públicas, hospitais, empresas, igrejas, exercendo seu poderio de decisões e fazendo a diferença na "ordem e progresso" do Brasil.
As ações sociais não somente no país, mas em todo o globo, seriam impossíveis de serem realizadas sem este “toque peculiar” das mulheres. São relevantes na sociedade contemporânea, apaziguando confrontos diversificados com a criação de ONGs , cooperativas, eventos que fazem a diferença no cenário brasileiro.

Familia:

A tomada de decisão na família engloba uma infinidades de coisas: Educação moral dos filhos, aconselhamentos, reuniões de pais e mestres, acompanhamento pré- juvenil, despesas do lar, etc.
A mulher é responsável pela construção do caráter digno e reto dos filhos muito mais do que os homens, alicerçando a instituição família sobre rochas.


Sociedade:

Ações Solidárias: Combate à fome, câncer infantil, pobreza, emergentes, etc.
Ações Preventivas: DST/AIDS, câncer de mamas, colo do útero, natalidade, etc.
Ações Corporativas: Associadas à mão de obra e cultura, artesanatos, oficinas, etc.

As mulheres estão no comando destas decisões que muito contribuem para o desenvolvimento econômico de uma determinada região, gerando fluxo de capital, estampando sorrisos no rosto de muitos brasileiros desacreditados, amenizando sofrimentos, trazendo-lhes nova esperança.

Mercado de trabalho:

Delaíde Miranda Alves superou dificuldades para se formar e conquistar vaga de magistrada, hoje Ministra do TST chegou a mais alta corte trabalhista do país é o exemplo impresso e expresso do poder e garra de tomada de decisões das mulheres, ex-doméstica, trabalhadora rural, mesmo em seu gabinete se empenha a quase 12 horas de serviço (dia).
O poder das mulheres no processo de tomada de decisões é algo evidente, crescente e infindável, graças a importante e poderosa decisão de ser uma mãe e contribuir para a sua posteridade é que estamos aqui a ponderar sobre o assunto e esta decisão é o exemplo maior de amor à vida.
Elas têm o poder neste processo então respeitemos.

*Artigo participante do concurso da Academia Mateense de Letras AMALETRAS.
Maurício de Oliveira
Enviado por Maurício de Oliveira em 11/08/2013
Alterado em 11/08/2013
Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras