Verbalizar

"Expressando uma vida digna"

Textos

O que não dizem na Páscoa.
2490066601_950be3daaf.jpg
O Senhor Jesus Cristo, morreu na cruz numa sexta-feira, no qual a comemoramos como Sexta-feira Santa... Antes do por do sol na entrada do Sábado seu corpo foi retirado e sepultado num túmulo virgem ou novo... Doado por José de Arimatéia uma figura importante na sinagoga entre os judeus da época...
Quando o Senhor Jesus Cristo deu o último suspiro de vida... A Palavra de Deus fala que houve grande escuridão em pleno meio dia... Com trovões e um terremoto abalou muitos túmulos na cidade, onde muitos homens santos foram vistos ressuscitados...
“Abriram-se os sepulcros e muitos corpos de santos que tinham adormecido ressurgiram. Saíram das suas sepulturas, depois da ressurreição dele, foram à cidade santa e apareceram a muitos”. Mateus 27.52.53.
Desta feita... O que acontecia com o Espírito do Senhor? A escritura diz que Ele desceu até o Hades, ou seja, inferno... Lá enfrentou as potestades do mal.
No inferno Ele pregou salvação às almas cativas, porque antes Dele chegar com o propósito Divino, as almas dos homens malfeitores que não estavam de acordo com a lei dos (Dez Mandamentos) iriam direto para aquele lugar.
Embora outros patriarcas, profetas, etc. Ressurgiram neste abalo sísmico...
Algo parecido: "Eu sou a luz do mundo, desci dos céus em nome do meu Pai o Deus de Abraão de Isaque e Israel, trazer boas novas aos homens... A graça de Deus foi derrubada em abundância, os que se arrependerem, terão lugar comigo no Paraíso...".
Semelhantemente um dos ladrões na cruz foi salvo ao reconhecer a Jesus como Filho de Deus e se arrepender...
Citei algo parecido... Porque não diz exatamente o que ocorrera no inferno, pois o Senhor Jesus estava no outro plano espiritual... Mas é fato que desceu e pregou e libertou muitas almas cativas que sofrera lá até então... Fora isto, tomou de satanás a chave do cativeiro que só ele tinha acesso...
"Ao homem é dado o direito de morrer apenas uma vez, segue-se depois disto o juizo..." Hebreus.9.27.
Muitas coisas ocorreram no submundo das trevas... E satanás pensando que a morte de Jesus fosse o final, teve a pior das surpresas!
Mas a graça foi dada a cada um de nós segundo a medida do dom de Cristo.
Por isso diz: Subindo ao alto, levou cativo o cativeiro, E deu dons aos homens.
Ora, isto ele subiu que é, senão que também antes tinha descido às partes mais baixas da terra?
Aquele que desceu é também o mesmo que subiu acima de todos os céus, para cumprir, todas as coisas” Efésios.4.7.8.9.10.

Logicamente não salvou todas as almas, muitos o chamaram de louco, fanático, etc. Como os homens vivos o fizeram também... Mas todos tiveram a mesma oportunidade.
Do mesmo jeito hoje é dada a mesma oportunidade a todos nós... Mas existem pessoas que aceitam e outras preferem viver na leviandade e toda “sorte” que o mundo oferece.
O Senhor Jesus Cristo Vive... Ele é as primícias dos que dormem...
“Porque vem a hora em que todos os que estão nos sepulcros ouvirão a sua voz. E os que fizeram o bem sairão para a ressurreição da vida, e os que fizeram o mal para a ressurreição da condenação” João 5.28.29.
O plano divino era... Trazer luz aos vivos e resgatar os mortos e estabelecer nova época, "Época da Graça de Deus"qual vivemos até os dias de hoje...
Quem aceita a Jesus Cristo não morre, descansa... Fica no paraíso (Seio de Abraão) esperam o toque da trombeta na segunda volta de Jesus, para ganhar sua segunda e nova vida eternamente...

Quem não aceita o sacrifício derramado na cruz, e vive sem normas e aprecia o pecado, não descansa, padece de sofrimentos no Hades com a própria consciência e aguardam o julgamento final!
Nesta Páscoa vamos refletir sobre a ressurreição do Senhor e pela graça de Deus dada a todos nós... É tempo de se arrepender, Ter nova consciência, viver em novidade de vida!

 
"As almas de todos os homens são imortais, porém,
as almas dos justos são imortais e Divinas".

Socrátes.
 
Maurício de Oliveira
Enviado por Maurício de Oliveira em 30/03/2013
Alterado em 30/03/2013
Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras