Verbalizar

"Expressando uma vida digna"

Textos

Recanto das Letras (Paraíso Complexo)
Maravilhoso seja este espaço! Que saibamos conservá-lo!
Um recanto é o mesmo que um lugar de refúgio...
Aqui os poetas se refugiam... Seja da torpe deste mundo caótico,
Seja uma fuga da modernidade, rotina cotidiana, insensatez, tédio, etc.
O poeta precisa desabafar, seja profissional ou amador ou simplesmente simpatizante dos gêneros...
Muitas pessoas necessitam deste refúgio, para renovar suas forças, seja como um simples desabafo, como lendo poesias, procurando sua cura interior, ferida n'alma ou desferida a outrem...
São vários os textos onde predomina é o amor, paixões, vidas, orações, crônicas, seduções, psicológicos, esperançosos, tristes, etc.
A complexidade começa a misturar-se... Então um mix de tudo é nos servido diariamente e isto é um prazer especial!
Mas a maior complexidade é dos autores... (pessoas são complexas)
O comportamento de muitos autores é exteriorizado nas suas poesias e mensagens, assim como o caráter de cada um, interesses, etc.
Tenho observado várias contradições neste sentido... E faço da liberdade de expressão minha diretriz neste texto.
Há pessoas que chegam ao Recanto apenas para somar, logo desaparecem... Outros chegam com sua soberba e arrogância querendo corrigir tudo, acham-se doutores da escrita e tem um prazer inefável em querer se apoderar da inspiração alheia para criticar... Isto é o fim!
Existem aqueles que visitam alguém e falam te visitei hein! Visita-me também! Deste modo segue o fluxo de nossas páginas...
Tem aqueles que fazem um comentário espetacular para alguém e esperam ser retribuídos da mesma forma, se não for meu Deus! Nunca mais visitarei aquele poeta! Rsrs... Existem aqueles que nem falam tanto e esperam ansiosos por algo... Para satisfazerem sua vontade interior, é preciso preencher!
Outros só querem se expressar e fazem votos que suas escritas alcancem muitos...
Observo que existem os contraditórios, contestam sempre, suas prioridades devem destacar-se em primeiro lugar! Falam eu sou isto ou aquilo, outro: Eu não concordo com o que escreveu!
Muitos se auto-dizem: Sou Ateu, hetero, crente, católico, espírita, e fazem do Recanto algumas divisões de aposentos ou salas só para eles...
A aqueles que fazem do Recanto um ciclo de amizades recíprocas, creio que me encaixo perfeitamente aqui... Mas na verdade o ser humano faz a complexidade não somente aqui, mas em todos os âmbitos da sociedade, quero deixar registrado aqui a minha satisfação de pertencer ao Recanto das Letras, a relação de amigos que tanto estimo, e peço a todos recantistas um apelo! Façamos deste espaço um lugar de paz e respeito, lugar de aprendizagem e amizades, vivamos todos em união, não preguemos religiões, políticas, crenças ou algo do tipo, indiferenças não levarão em lugar nenhum, pelo contrário, serão sementes daninhas lançadas neste lindo jardim!
Então cultivemos nosso jardim para enriquecê-lo ainda mais com belas flores! Feliz Recanto!
Maurício de Oliveira
Enviado por Maurício de Oliveira em 06/05/2012
Alterado em 08/05/2012
Copyright © 2012. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras