Verbalizar

"Expressando uma vida digna"

Textos

Questão de Português
 
 
     
     A Professora Margareth falou aos alunos da 5ª série: Alunos atenção!
     Hoje vou escrever uma frase na lousa, quero que vocês me digam, sobre o que estou falando, esta atividade será em grupo de cinco pessoas: Maria, Filomena, João, Carlos e Julia é o primeiro grupo, o restante será o segundo grupo.
     Atenção todos vou escrever.

    “Então, a ficha caiu, arregalou os olhos e foi ver o sol nascer quadrado.”

     Vocês têm até o final da aula, para me dizer, do que se trata a frase.
Nossa! Falou Maria a Filomena está difícil. – A gente consegue.
     _Nós conseguimos! – Exclamou Carlos.
Lá vem o sabe tudo Filomena. Kkkk, rsrs, kkk.!!!
     Silêncio! – advertiu a professora.
Joãozinho falou:
     Olha pessoal, então caiu a ficha? Que ficha é esta meu Deus!!!

Maria respondeu: Não será do MacDonald's?
 MacDonald's!!! Kkkkk! Kkkkk!
     _Deixa de ser boba menina, só pensa em comer.
O que você acha Julia? – ficha? – ficha? – ficha?!
     _Ahh! Ficha de fliperama deve ser, ou ficha de cinema? Tudo é ficha não é verdade? – ficha ou ticket
 completou Carlos.
Carlos falou:
     _Veja bem pessoal, Então (virgula) a ficha caiu (virgula) precisamos resolver esta parte primeiro.

     _Há tá! Agora me lembro, todas as vezes que aparecer uma virgula, na oração, precisamos dar uma pausa, para depois continuar a ler, para o nosso melhor entendimento. – disse Maria.
Leia para a gente João. – Para nós!!! – para a gente também está certo boió!
     _Psiuuuuuu!!! – fez a professora.
João começou: Então, ............... – leia logo João! – Ué! Não tem que dar pausa?
     _Kkkkkk!!!! Kkkkkk!!! A pausa é de um segundo seu bobo.
Chega gente! A aula está passando, vamos logo.
     _Vai senhor sabe tudo, nos de uma luz. – falou Maria para Carlos.
Uma luz? Mas quem dá à luz é mulher.
     _Kkkkkkk!!! Kkkkk!!!
Olha esta bagunça!!! – falou novamente a professora.
Então virgula = quer dizer que ele segue para algum lugar está ok? – Sim!!! - disse todos.
 Caiu a ficha?... Filomena respondeu: Isto é uma ação de cair – mas não é verbo? – disse João – Sim! É verbo de ação.
     _Nossa!!! Isto é muito esforço professora.
 disse Julia.
Então, vou lhe dar uma dica, esta frase é do tempo de seus pais.
     _Danou-se! Agora danou-se!
 Replicava João.
Mas eu fico com a ficha do fliperama pessoal – espera um pouco, meu pai me falou que antes os orelhões, para fazer ligações, precisavam de fichas. – Conclui-o Carlos.
     _É cartão inteligente! 
 Não! Antes de ser cartão era ficha, e a ficha caia dentro do aparelho telefônico, quando a pessoa atendia do outro lado.
Outro lado? Que lado? – A pessoa para quem você ligou. – Ah, que legal!
Maria estava concentrada: Então, caiu-lhe a ficha, está seguindo... cair... perceber é isto!!!
 Quando caia a ficha a ligação completava. – E a ficha fazia barulho como cair no chão – Respondeu João. – Boa!!! – respondeu todos.
Então, ele percebeu... Percebeu o que? – O que ele fez – Ele quem?
 É sujeito oculto, alguém – Ah entendi!
     _Isto alunos é uma tradução para os dias de hoje – disse a professora.
Tradução? – Lá vem ela complicando, isto não é inglês é português. – disse Filomena.
     _Ela quis dizer que estamos no caminho certo. Kkkk! – risos
Vamos pessoal olha a hora. – Ainda bem que é dobradinha de português.
     _Dobradinha não é buchada de boi? – falou Joãozinho – É maneira de falar! – respondeu Julia... espera um pouco, esta oração é uma maneira de falar, do tempo de nossos pais, é isto!!! – Sim estamos traduzindo a oração, agora entendi, completou Filomena.
     _Então é uma charada? – disse Carlos – Não, é como um ditado popular, uma força de expressão: “cachorro que late não morde”, sim é isto mesmo!
     _Então caiu a ficha; traduzimos assim:
     "Então, ele percebeu o que tinha feito"... – E arregalou os olhos?

     Quando arregalamos os olhos Carlos? – Eu arregalo quando estou com medo. – E eu arregalo para enxergar bem, coisas que estão longe demais – completou Filomena.
     Sim! Se caiu a ficha, ele entendeu o que tinha feito e arregalou os olhos de “surpresa ou medo” pelo o que haveria de acontecer...
     _Isto! Isto! Isto! – Falou Joãozinho – Onde você aprendeu isto, foi com o Chaves é!!! Kkkkk!!! Kkkkk!!!
     Se arregalarmos os olhos, vemos o sol nascer quadrado?  Já está de tarde sabe tudo, agora só de manhã, mas nunca vi o sol nascer quadrado, arregalando os olhos.
     _Ah tá! É maneira de dizer, o sujeito oculto alguém, percebeu o que fez, arregalou os olhos de surpresa e foi para algum lugar...
     Mas o sol é redondo, como ver ele nascer quadrado? – disse Joãozinho.
     _Só se for de uma janelinha quadrada e bem pequena. – Sim é isto mesmo, de um lugar trancado. – É mesmo ele foi preso pelo que fez. – Completou Julia.
     _Sim!!! É isto mesmo, então; a oração fica deste jeito, vamos escrever na lousa.
 
“Então, a ficha caiu, arregalou os olhos e foi ver o sol nascer quadrado”.

Tradução:


 "Então, ele percebeu o que tinha feito, assustou-se, mas era tarde e foi para a prisão”.

A professora Margareth exclamou:
     Parabéns! Nota 10 +, Excelente para todos!!!

Ufa!!! Que loucura esta aula, pega leve professora!!!
     _Pegar leve? Me diga meninos o que pesa mais, 1 quilo de algodão ou 1 quilo de ferro?
     Não professora!!! Deixa isto para a aula de matemática.

Maurício de Oliveira
Enviado por Maurício de Oliveira em 21/09/2018
Alterado em 04/10/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras